Hartz interiores
A DECORAÇÃO CINZA É VERSÁTIL E ELEGANTE...


cor  cinza é atemporal e bastante versátil, podendo ser aplicada tanto nos cômodos da casa (seja na sala, cozinha, quartos e até ambientes externos) quanto em objetos e móveis. Você pode usar das nuances mais escuras às claras, só é preciso cuidar para não deixar tudo muito monótono, isto significa investir em peças com cores primárias para complementar a decoração. Uma dica ótima que alguns arquitetos dão na hora de decorar com cinza é pintar o teto do cômodo de branco e uma das paredes com tom mais escuro de cinza, assim o ambiente passa longe de ficar cansativo. Outra ideia é misturar o cinza com as cores mais quentes como o amarelo, vermelho e laranja, por exemplo.

Decor Assentos, Blog da Naty, Lider Interiores, Blog Anatex Cortinas, Artesanal Net e Cores da Casa.


SAIBA COMO DECORAR BEM UTILIZANDO EXCLUSIVAMENTE ALMOFADAS

Existindo em vários tamanhos e formatos, não precisa de muitas para renovar um ambiente – basta trocá-las de lugar ou de capas! .

Imagem1. Numa decoração moderna, escolha sempre um número impar de almofadas, ou seja 3 ou 5 almofadas juntas ficam visualmente mais apelativas do que 4 ou 6. Adicionalmente, as almofadas grandes ficam mais bonitas do que um grupo de almofadas pequenas, que acabam por distrair o olhar e dotar a decoração de ruído visual. Os formatos devem recair sobre o típico quadrado e o cada vez mais popular retângulo; privilegie tecidos como o algodão e o linho, perfeitos para exibir cores fortes e padrões geométricos. 

2. Para uma decoração clássica, que requer uma certa simetria e formalidade, um número de almofadas par é ideal e o tamanho deve ser adequado à peça que adornam. Os padrões clássicos incluem os florais, adamascados, cornucópias, axadrezados, listados e monogramas… mas não todos ao mesmo tempo; brinque com a combinação de cores e texturas (veludo, seda…). Pode expor almofadas quadradas com almofadas redondas, desde que estejam em número par.

3. Tem um estilo mais eclético? Então a decoração com almofadas deverá refletir esse ambiente: grandes e expostas em números ímpar (duas numa ponta do sofá e uma noutra, por exemplo) para conseguir umlook descontraído. O estilo eclético define-se pela sua diversidade e excentricidade onde, aparentemente, nada combina – no caso das almofadas, pode perfeitamente escolher um grupo de cinco todas diferentes em termos de textura e padrões, mas faça questão de optar por uma cor que funcione como o elo de ligação.

4. No Verão opte por fronhas em tons mais claros e em tecidos frescos; no Inverno volte a colocar as fronhas em tons mais escuros e em tecidos quentes e aconchegantes. Da mesma forma que pode ter fronhas sazonais para a quadra natalícia ou pascal.

5. Evite combinar as cores das almofadas com a cor do objeto que adornam (cama, sofá, cadeira…), ou seja, prefira escolher tons complementares e que estejam presentes na restante paleta de cores do ambiente. Por exemplo: numa sala de estar dominada pelo laranja, bege e castanho chocolate, não faz muito sentido decorar com almofadas azuis.

6. Em espaços que foram decorados com uma paleta de cores neutra e/ou monocromática, não precisa mais do que uma mão cheia de almofadas numa cor sólida e dramática para dar um toque final exuberante.

7. Parece que falta algo de especial no quarto de dormir? Adicione à cama uma série de almofadas complementares em termos de cores, mas diferentes em termos de tamanhos. Conforto e aconchego instantâneo!

8. Não reserve as almofadas exclusivamente aos sofás ou às camas, escolhendo modelos de grandes dimensões para colocar no chão, num recanto junto à lareira, no quarto das crianças ou num nicho reservado à leitura no escritório.

9. As almofadas podem ser cobaias perfeitas para fazer o test-drive de uma nova cor em casa, ou seja, quer incluir o laranja ou o vermelhona sua decoração, mas não tem a certeza se vai gostar? Comece pelas almofadas: é uma opção segura e econômica.

10. Seja criativo e utilize almofadas para decorar locais inesperados: colocadas sobre um banco na casa de banho, empilhadas no chão num recanto do corredor ou nas cadeiras da cozinha. Porque não?

11. Utilize as almofadas como obras de arte, adquirindo peças únicas, pintadas à mão, adornadas com lantejoulas, brilhantes, botões ou borlas; estampadas com ilustrações ou motivos originais.

12. Dê uma lufada de ar fresco no interior de casa com almofadas inspiradas na Mãe Natureza – cores terra (castanhos, verdes, laranjas, vermelhos e amarelos), sem esquecer os motivos florais e botânicos.
Leve as almofadas para a rua, utilizando-as para tornar ainda mais confortáveis os ambientes de exterior existentes nas varandas, terraços, jardins e pátios. As cores vibrantes animam qualquer espaço lá fora e, para um impacto ainda mais forte, escolha cores que não são habitualmente utilizadas no exterior – caso do branco, preto e cinza. A vantagem das almofadas é que as fronhas saem e podem ser facilmente lavadas!

Imagem

Fonte: http://www.decortextil.com.br/dicas.html


5 DICAS PARA DEIXAR A SUA CASA MAIS BONITA

Quando a decoração é construída nos detalhes, tudo fica muito mais harmonioso. Para criar um cantinho repleto de personalidade não existem grandes segredos. O importante é apostar em pequenas coisas que podem fazer toda a diferença. Uma composição de sucesso é aquela que agrada aos olhos, mas também é capaz de criar um clima de conforto e aconchego. E isso só acontece quando a casa consegue refletir a identidade dos moradores.

Parece difícil decorar combinando a sua personalidade com as tendências do momento. Por isso, nós separamos cinco palavras de ordem, que ajudam e orientam na hora de decorar. O objetivo é deixar a casa ainda mais bonita de maneira simples e muito econômica.

5 palavras

Criatividade. Não dá para decorar sem apostar na criatividade. Nem sempre o que está estampado nas capas de revista é o melhor projeto para a sua casa. Por isso, você deve usar a imaginação e encontrar maneiras mais adequadas de reproduzir as tendências decorativas de acordo com as suas limitações, respeitando espaços, orçamento e estilo.

Recicle. Saber reaproveitar peças antigas é fundamental para uma boa decoração. Antes de descartar aquele móvel velhinho, verifique se ele não pode receber outra função e passar por uma reforma. Por exemplo, uma cômoda antiga, com uma nova pintura pode ocupar o espaço de um aparador.

Recrie. Não deixe novas ideias serem esquecidas. Muitas coisas sem utilidade podem ser transformadas em coisas novas. Tecidos esquecidos no armário, podem ser transformados em uma linda cortina. Basta combinar um pouco de criatividade com a costura, e pronto!

Ilumine. A luz é fundamental na hora de deixar um ambiente mais agradável e aconchegante. Invista na luminosidade natural com janelas e portas, mas se isso não for possível, aposte em um projeto de iluminação. Para não encarecer a decoração, você pode apostar em abajures simples ou trilhos de LED.

Pinte. A pintura é uma das maneiras mais econômicas e simples de mudar o visual de um ambiente. E ela não se limita apenas às paredes. Os móveis também podem receber uma cozinha para ganhar uma cara nova.

E só para terminar: Experimente! Não tenha medo de investir no que você gosta. Decoração é feita nos detalhes, mas também é criada a partir da personalidade de cada um.

Imagem

 

Imagem

 

Imagem

 

 

fonte: http://goo.gl/IZLXgl

PRODUTOS DESSA MATÉRIA

LEIA TAMBÉM

Decorando o seu banheiro
Decorando o seu banheiro


BUSCAR POR DATA
FEVEREIRO 2020
26
27
28
29
30
31
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
1
2
3
4
5
6
7






Carregando